fbpx

Celsinho marca na reestreia, Londrina vence o Brusque e sobe na tabela

Share this...

Tubarão joga bem, bate o líder do grupo, vai a segunda colocação e aumenta marca em casa: agora são sete vitórias consecutivas no Estádio do Café

Por: Vinícius Eira
Fotos: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

Londrina e Brusque se enfrentaram na noite deste sábado (14), no Estádio do Café, em jogo válido pela 15ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. E o que era esperado, se confirmou: uma partida muito movimentada, espaços, duas equipes brigando pelo controle da posse bola, mas o fundamental, o LEC voltando a se portar de maneira ofensiva. A vitória veio com um pouco mais de emoção do que o torcedor esperava, e até do que o próprio jogo desenhou, já que o ataque alviceleste desperdiçou muitas oportunidades, porém, com a ajuda de Adenílson e Celsinho, o Tubarão triunfou sobre o Quadricolor, assumiu a vice-liderança do grupo e respirou mais aliviado na competição.


O JOGO

A vitória do Londrina começou antes mesmo do apito inicial. Alemão soube ouvir as críticas, reconheceu o próprio erro contra o São Bento, e diante de um adversário que não vencia a três rodadas, e tinha nove profissionais afastados pela covid-19, dentre eles, seis jogadores, a postura tinha que ser outra, e de fato foi. Logo nos 11 iniciais, uma surpresa: Marcel foi a campo como primeiro volante, e fez uma grande partida. A saída de bola fluiu, Bianqui e Adenílson – fundamentais em campo – eram abastecidos mais próximos do gol, o ataque se movimentava muito, e o Londrina dominou o Brusque no início do jogo.

Nos três primeiros minutos já foram duas oportunidades, e aos 6, saiu a jogada do gol. Alan Cardoso tabelou com Igor Paixão pela esquerda, e encontrou Adenílson dentro da área. O meia, esperto, viu o zagueiro chegando, deu o corpo e sofreu o pênalti. O próprio jogador pegou a bola, colocou na marca da cal, e deslocou Zé Carlos para abrir o placar. O 10 alviceleste dispara na artilharia do clube na competição, com quatro gols, e se isola na vice artilharia da história do LEC na Série C.

Com o gol, o Brusque se soltou mais, e consequentemente abriu espaços. O Londrina tinha liberdade para transitar entre as linhas adversárias, se movimentava bem na intermediária ofensiva, mas pecava muito nas conclusões da jogada. E essa era a sina do LEC no jogo, tinha volume de jogo, criava, mas errava muito na frente do gol.

Após os 30 minutos, Thiago Alagoano recuou mais para atuar de fato como um armador, o Brusque passou a conectar melhor as zonas de jogo, e as chances foram surgindo naturalmente. Foi mais de uma oportunidade, a melhor com Escuro de fora da área, em chute que iria no ângulo, mas encontrou a mão de Dalton. No fim, o Londrina suportou a pressão e segurou a vantagem até o intervalo.

Londrina x Brusque
Adenílson abriu o placar de pênalti (Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube)

E se o primeiro tempo foi animado, o segundo teve ainda mais chances. O Brusque voltou na mesma pegada, abafando o Londrina, que por sua vez, não ficou só olhando o adversário atacar e buscou aproveitar as transições. E oportunidades para ficar tranquilo no placar não faltaram. A maior, em grande jogada de Igor Paixão, que roubou a bola no meio, disparou pela esquerda, deixou dois marcadores para trás, e dentro da área, finalizou para fora. Carlos Henrique e Samuel Gomes pediam, sozinhos.

Por outro lado, o maior clichê do futebol acabou vindo à tona no Estádio do Café: quem não faz, toma. E o Brusque empatou em um golaço. Após cruzamento de Gustavo Henrique, a bola rebateu na área e sobrou limpa para Jefferson Renan, que mandou a bomba, no ângulo, sem nenhuma chance para Dalton. 1 a 1.

Mas a resposta foi imediata, e do jeito que torcedor sonhou. Rapidamente após o empate, Alemão chamou Celsinho, e o meia desencantou na estreia. Aos 24 minutos, Matheus Bianqui fez grande jogada pelo meio, dividiu com três adversários e entregou a bola para o estreante da noite. A bola ainda passou por Samuel Gomes e Adenílson, antes de encontrar o pé iluminado do doutor Celso Honorário Júnior dentro da pequena área. Celsinho só teve o trabalho de empurrar para o gol, e recolocar o Tubarão em vantagem no marcador.

O Brusque, desgastado, e sem muitas opções no banco de reservas, se lançou como deu ao ataque. Até teve uma grande chance com Garcez, que perdeu um gol sozinho e de frente com Dalton. Já o Londrina passou a apostar em um sistema mais estruturado, com Jardel, Escobar e Celsinho pelo meio, alimentando os isolados Samuel Gomes e Juan Matos. Mas mesmo com muita emoção, o Tubarão conquistou uma vitória importante, que o mantém na briga e dá outro ânimo para torcida, jogadores e ao próprio Alemão.

O Londrina conquista duas posições, assume a vice-liderança do grupo com 24 pontos e respira mais aliviado. Agora, o LEC viaja a Porto Alegre, para enfrentar o São José, no próximo domingo (22), às 15 horas. Já o Brusque amarga a 4ª partida sem vitória, vê a gordurinha ficar cada vez mais magra e já faz conta em relações aos adversários. A equipe catarinense faz novo jogo fora de casa, desta vez em Tombos, contra o Tombense, no próximo sábado (21).


FICHA TÉCNICA: Londrina 2×1 Brusque

Londrina: Dalton; Gedeílson, Marcondes, Jeferson e Alan Cardoso; Marcel, Matheus Bianqui (Jardel) e Adenílson (Escobar); Igor Paixão (Juan Matos), Douglas Santos (Samuel Gomes) e Carlos Henrique (Celsinho). Técnico: Alemão.

Brusque: Zé Carlos; Gustavo, Ianson, Éverton e Ronaell (Cleyton); Emerson (Eliomar), Escuro e Thiago Alagoano; Alex Sandro (Fio), Jefferson Renan e Garcez. Técnico: Lamil Valêncio.

Gols: Adenilson (7’1T) e Celsinho (24‘2T) para o Londrina. E Jefferson Renan (20’2T) para o Brusque.

Cartões amarelos: Igor Paixão (suspenso) e Alan Cardoso para o Londrina. E Gustavo e Everton para o Brusque.

Árbitro: Fábio Augusto Santos Sá Júnior-SE.

Assistentes: Daniel Vidal Pimentel-SE e Thiago Emanuel Reis de Albuquerque-SE.

Estádio do Café, em Londrina.


LEIA MAIS: CBB divulga equipes que disputarão o Campeonato Brasileiro de Basquete
Tsuru Oguido/Londrina conquista vaga para a Libertadores de Fut7 feminino


BAIXE O APLICATIVO DA TUBARÁDIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *