fbpx

Em jogo truncado, Londrina e Criciúma ficam no empate na estreia da Série C

Share this...

Dalton defendeu pênalti e salvou o Londrina no Estádio do Café

Por: Vinícius Eira

A partida mais esperada da primeira rodada do grupo B da Série C foi movimentada fora de campo, e sonolenta dentro dele. Primeiro tivemos o impasse entre Londrina e CBF/DAZN pelo direito de transmissão. Depois, a divulgação de três casos positivos de covid-19 em atletas do Tigre, com a confirmação da partida acontecendo só após o aval do secretário municipal de Sáude, Felippe Machado. Já com bola rolando, poucas emoções. O confronto foi truncado no meio campo, com muitas faltas de ambos os lados, e teve seu ponto alto no pênalti perdido por Michel.

Londrina e Criciúma começaram o jogo com propostas mais reativas, estudando o adversário e tentando se entrosar dentro de campo. O LEC tinha oito novos jogadores, e o escrete carvoeiro três, além de não poder contar com dois titulares lesionados. Eram elencos muito modificados e que sentiram o peso da estreia. Os visitantes até tentaram mais durante o primeiro tempo, com o lance de perigo vindo de um chute de fora da área de Eduardo. Já o time alviceleste apostava muito nas bolas longas na direção de Pirambu, que sofria entre os zagueiros. Ao todo foram apenas duas finalizações nos primeiros 45 minutos, ambas do Criciúma.

E o torcedor que esperou mudanças na segunda etapa acabou se decepcionando. A disputa ficou ainda mais apertada na intermediária, e o Londrina sentiu a falta de um armador. Caíque Valdívia ficou sumido no jogo, Fábio Matos era bem marcado e Ruster Santos esteve longe da atuação contra o Athletico em Cornélio Procópio. O LEC era uma equipe previsível, sem padrão tático e que torcia para que uma bola sobrasse mais limpa na frente.

Além disso, o Tubarão sofreu um susto logo aos oito minutos do segundo tempo. Foguinho – destaque catarinense – fez boa jogada na área, acabou sendo derrubado por Caio e Jonathan Benkeinstein assinalou a penalidade. O estreante Michel pegou a bola, bateu no canto esquerdo, mas Dalton fez valer a aposta de Alemão e defendeu a cobrança.

O jogo até deu uma animada, com o Londrina buscando mais finalizações de fora da área, e o Criciúma tentando transições ofensivas. Porém, com o tempo, a falta de ritmo começou a pesar, o nível técnico caiu e as chances ficaram escassas. O LEC tinha seis jogadores defendendo, dois armadores sumidos do jogo, e Pirambu e Ruster (Edream) isolados no setor ofensivo. Sem criatividade, e com muitas faltas no meio, a partida caminhou até o fim melancólico sem gols.

Partida foi de forte marcação no meio campo e poucas oportunidades (Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube)

O Tubarão promoveu a estreia de oito atletas: Dalton, Jeferson, Escobar, Marcel, Caíque Valdívia, Fábio Matos, Chicão e Edream. Destes, Dalton respondeu bem quando foi acionado, principalmente no pênalti; Jeferson fez uma partida muito segura e demonstrou que quando entrosar com Marcondes farão uma dupla de zaga de alto nível; Escobar e Marcel ficaram muito presos na defesa e poderiam acrescentar um pouco mais na saída de bola e armação do clube; Caíque Valdívia e Fábio Matos foram mal tecnicamente, sentindo bastante a falta de ritmo e entrosamento; e Chicão e Edream tiveram poucos minutos e mal tocaram na bola. O empate foi justo pelo o futebol que não apareceu em campo.

O Tubarão está na sétima colocação do grupo B com 1 ponto conquistado, e volta a campo no próximo domingo (16), para encarar o Ypiranga, em Erechim-RS, às 16 horas.

ASSISTA AOS JOGOS DO LONDRINA NA SÉRIE C COM O DAZN

FICHA TÉCNICA: LONDRINA 0X0 CRICIÚMA

LONDRINA: Dalton; Raí Ramos, Marcondes, Jeferson e Caio Bacarin; Escobar, Marcel (Chicão), Caíque Valdívia, Fábio Matos (Juan) e Ruster Santos (Edream); Júnior Pirambu. Téc: Alemão.

CRICIÚMA: Agenor; Victor Guilherme, Vitão, Carlos Alexandre e Kaike; Eduardo, Foguinho e Jean Lucas (Alisson Taddei); Jajá (João), Jean Dias e Michel. Téc: Roberto Cavalo.

CARTÕES AMARELO: Caio Bacarin e Escobar para o Londrina. Carlos Alexandre, Jean Lucas e Foguinho para o Criciúma.

ÁRBITRO: Jonathan Benkenstein Pinheiro.

ASSISTENTES: André da Silva Bittencourt e Maíra Mastella Moreira.

Estádio do Café, em Londrina-PR.

Fotos: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

Siga o jornalista nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *