fbpx

Londrina e Palmeiras empatam pela Copa do Brasil sub-20

Share this...

LEC e Verdão fazem partida de quatro gols, e disputa pela vaga fica aberta para a volta

Por: Vinícius Eira
Fotos: Gustavo Oliveira/Londrina EC

Londrina e Palmeiras se enfrentaram na tarde desta quarta-feira (21), no Estádio do Café, em jogo válido pelas oitavas de finais da Copa do Brasil sub-20. E se antes do confronto já esperávamos equilíbrio e muitas oportunidades de gols, elas se confirmaram, com o Porco pressionando mais, e o LEC retribuindo em boas transições. O Tubarãozinho até saiu na frente, sofreu a virada na segunda etapa, mas buscou o empate e deixou tudo aberto para a próxima semana.


LEIA MAIS: Mateus Bianqui e Carlos Henrique desfalcam o Londrina diante do Ituano
Com ataque inspirado, Londrina vence Ypiranga e sobe na tabela


O JOGO

As duas equipes vieram predestinadas a marcarem gols. Com 15 minutos de jogo, já tivemos quatro boas oportunidades, uma do Londrina, e três do Palmeiras, inclusive com bola no travessão. Os visitantes conseguiam ter o controle da posse de bola, tinham mais volume de jogo, mas foi o LEC quem abriu o placar.

Em uma boa transição, Chicão Amorim ganhou disputa pelo alto após lançamento longo, Cirilo ajeitou e Victor Daniel ficou a bola. O atacante invadiu a área, ia driblando o goleiro, mas foi derrubado e sofreu pênalti. O próprio Vitinho foi para a cobrança, deslocou Leandro e mandou no canto alto direito. 1×0, aos 25 minutos.

O Palmeiras, que já era pressão, foi ainda mais para cima, e levava perigo nos avanços de Juninho e Gabriel Silva, principal jogador do ataque. Já o Londrina, seguia com uma boa estrutura defensiva, explorava bastante os lançamentos longos em direção a Cirilo, e mesmo sem sucesso, manteve a vantagem até o intervalo.

Para a segunda etapa, o Palmeiras veio com três alterações, e com outra mentalidade: atacar. Logo no terceiro minuto, Marino tabelou com Gabriel Silva, invadiu a área, cortou a marcação e finalizou no canto de Maltos, para o empate do Palmeiras. O mesmo Maltos ainda fez duas grandes intervenções aos 9 e 10 minutos. Mas quando o relógio completava 15, o Verdão conseguiu o empate. Gabriel Silva recebeu cruzamento da esquerda, disputou com a defesa, e conseguiu a finalização e o gol. 2×1.

Silvinho mexeu no esquema tático, colocou Luan, Wendell e Wilker, o Londrina ficou mais leve em campo e conseguiu buscar o empate. Em boa jogada vertical, o próprio garoto Wilker invadiu a área em velocidade, levou a bola até a linha de fundo, e na hora do cruzamento foi derrubado. Mais um pênalti assinalado por Robson Babinski. Igor Paixão até pegou a bola, mas o artilheiro Juan pediu para cobrar, e marcou. Bola de um lado, goleiro do outro, e o empate do Tubarão.

Os últimos 10 minutos foi de um LEC buscando a virada, e um Palmeiras administrando o resultado, com jogadores já muito cansados. A equipe alviceleste até tinha espaço pelas alas, mas pecava muito na execução das jogadas, e o jogo se encerrou com o empate.

A volta ocorre já na próxima quarta-feira (28), em São Paulo. Como a Copa do Brasil não tem gol fora como critério de desempate, quem vencer avança, e o empate leva para os pênaltis. O Palmeiras ainda enfrenta o São Paulo, no domingo, pelo Brasileirão sub-20. Já o Londrina tem a semana livre.


FICHA TÉCNICA: Londrina 2×2 Palmeiras

Londrina: Maltos; Cristian, Zé Pedro, Caio Baccarin (João Silveira) e Guilherme Silva; João Mafra, Chicão Amorim (Luan Marchiori) e Pedrinho (Wilker); Victor Daniel (Wendell), Igor Paixão e Cirilo (Juan Matos). Téc: Silvinho.

Palmeiras: Leandro; Garcia, Michel (Carlos Eduardo), Vanderlan (Helder) e Quiñonez; Ramon Cirino, Gabriel Goes (Marcelinho) e Juninho; Vitor Hugo (Fabinho), Marinho e Gabriel Silva (Fabrício). Téc: Wesley Carvalho.

Gols: Victor Daniel, aos 25’1T, e Juan Matos, aos 35’2T, para o Londrina. Marino, aos 3’2T, e Gabriel Silva, aos 15’2T, para o Palmeiras.

Cartões amarelos: Cristian, Wendell e Luan Marchiori para o Londrina. Gabriel Góes, Leandro, Quiñonez e Vanderlan para o Palmeiras.

Árbitro: Robson Babinski (PR).

Assistentes: Leandro Polli Glugoski (PR) e Roberto Rivelino dos Santos Junior (PR).

Estádio do Café.


Siga o jornalista nas redes sociais
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *