fbpx

Londrina e Remo não saem do zero na abertura da segunda fase da Série C

Share this...

Em jogo fraco, Londrina e Remo pouco fazem e entregam um jogo muito abaixo da expectativa

Por Vinícius Eira
Foto: Gustavo Oliveira/Londrina EC

Londrina e Remo se enfrentaram na tarde deste sábado (12), na abertura da segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro. A expectativa era de uma partida bem aberta, com muitas oportunidades, mas o que vimos foi um jogo muito fraco, com dois times sem inspiração e errando muito no último terço de campo. Ao Tubarão, fica o gosto de amargo do fim da sequência de vitórias em casa, e a obrigação de um bom resultado nos dois jogos longe do Estádio do Café. Ao Remo, a sensação de um bom ponto conquistado fora de casa, já que seguraram o sétimo 0x0 (só nesta Série C) durante toda a partida.


Primeiro tempo

A primeira etapa até trouxe o equilíbrio esperado de uma partida da segunda fase da Série C, com duas equipes que prezam pelo ataque, mas que tem a defesa como destaque. O Londrina com a excelente campanha em casa, sofrendo apenas quatro gols no Estádio do Café, e o Remo como a equipe que menos sofreu gols em toda a primeira fase.

O LEC buscava ter o controle da posse de bola, com um meio campo mais criativo com Marcel, Bianqui e Adenílson. Na frente, Igor Paixão e Douglas Santos acrescentaram em velocidade e profundidade, e naturalmente, quem teve mais chances de gols foi o Londrina. As melhores saíram na sequência entre os minutos 35 e 36. Primeiro, em finalização forte de fora da área de Adenílson, que obrigou Vinicius a fazer uma grande defesa e espalmar para escanteio. Na cobrança, em bola cruzada na área, Marcondes ficou a sobra, de frente para o gol, e chutou na trave Remista.

Pelo lado visitante, a proposta era ter uma proposta mais defensiva, buscando as transições e, principalmente, as bolas paradas, e o Londrina oferecia isso. Eram muitas faltas na intermediária, e todas elas tiravam um suspiro do torcedor Alviceleste. Mas o lance mais polêmico ocorreu aos 37. Após jogada trabalhada no ataque, Hélio cruzou rasteiro, a bola passou por Gedoz e Salatiel, e Tcharlles completou na segunda trave. O árbitro, com uma certa demora, assinalou impedimento, levando os jogadores do Remo a loucura. De resto, muito equilíbrio e respeito entre as duas equipes, e o empate em 0 a 0.


Segundo tempo

E para quem esperava a etapa complementar mais movimentada e com gols, se decepcionou. Alemão mudou para ter mais controle da posse de bola, mas matou a velocidade. Já no Remo, ninguém rendeu. A melhor chance Alviceleste veio no minuto 9 da segunda etapa, em bola recuperada pelo LEC no campo de ataque, que sobrou nos pés de Adenílson, sozinho, na linha da grande área, mas o meia finalizou para fora.

Do lado do Remo, muito comodismo e nenhuma chance. O resultado em si, para a primeira rodada e em um jogo fora de casa não era ruim para os visitantes, e eles buscaram amarrar o jogo, segurar o ponto e voltar para Belém com o sétimo 0 a 0 nesta Série C, quatro deles fora de casa. Uma estratégia da equipe.

Faltou ao Londrina um melhor aproveitamento no último terço de campo. O controle do jogo existiu, o volume no meio também, e as chances apareceram, mas a finalização esteve longe do ideal. Adenílson perdeu duas, Bianqui chutou fraco algumas vezes, e tanto Carlos Henrique como Júnior Pirambu foram presenças nulas em campo, claramente acimas do peso. Agora, o Tubarão encara Ypiranga e Paysandu fora de casa com a missão, e a pressão, de vencer ao menos uma longe de Londrina.


Ficha técnica: Londrina 0x0 Remo

Londrina: Dalton; Gedeílson, Jeferson, Marcondes e Rafael Rosa; Marcel (Leandro Donizete), Matheus Bianqui e Adenílson; Douglas Santos (Celsinho), Igor Paixão (Samuel Gomes) e Carlos Henrique (Júnior Pirambu). Técnico: Alemão.

Remo: Vinicius; Ricardo Luz, Mimica, Rafael Jansen e Marlon (Dudu Mandai); Lucas Siqueira, Julio Rusch (Charles) e Felipe Gedoz (Carlos Alberto); Hélio (Augusto), Tcharlles (Gustavo Ermel) e Salatiel. Técnico: Paulo Bonamigo.

Cartões amarelos: Samuel Gomes para o Londrina. | E Ricardo Luz e Dudu Mandai para o Remo.

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim.

Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo e Brigida Cirilo Ferreira.

Estádio do Café, Londrina.


LEIA MAIS: Escobar não faz mais parte do elenco do Londrina
Raio-x: conheça os adversários do Londrina na segunda fase da Série C

BAIXE O APLICATIVO DA TUBARÁDIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *