fbpx

Londrina vence o Remo fora de casa, e garante o retorno à Série B

Share this...

Gilberto Alemão marca contra, Londrina vence o Remo, conta com bons resultados e volta a segunda divisão

Por Vinícius Eira
Fotos: Gustavo Oliveira/Londrina EC

Remo e Londrina se enfrentaram na tarde deste sábado (16), no Estádio Mangueirão, em Belém-PA. O Leão, mesmo já classificado, ainda complicou a vida do Londrina. Mas o Tubarão foi guerreiro, se segurou bem defensivamente, criou muitas oportunidades, e contou com gol contra de Gilberto Alemão para vencer e sacramentar o acesso à Série B.

Primeiro tempo

Para o início do jogo, o técnico Silvinho Canuto promoveu duas mudanças. Primeiro, Marcel deu lugar a Jardel, e Carlos Henrique foi posto na frente na vaga de Uelber. Com isso, buscava-se mais consistência defensiva, e um ataque mais livre, sem a obrigação de marcação. Do outro lado, esperava-se um Remo mais recuado e reativo, já que o Leão tinha desfalques em campo e fora dele, com seis jogadores, mais Paulo Bonamigo e o auxiliar com Covid-19.

E o jogo de fato foi muito aberto. O Tubarão passou a apostar em jogadas pelo lado de campo, buscando velocidade e intensidade com Igor Paixão, Douglas Santos e, principalmente, Gedeílson. E as chances surgiram em finalizações de fora da área. Igor Paixão obrigou Vinicius a fazer um milagre aos 5 minutos, além de Jardel e Douglas Santos que obrigaram o goleiro do Leão a sujar o uniforme, mas com a bola passando muito perto.

Do lado do Remo, sem a referência de um centroavante, a equipe mandante buscou ter mais velocidade e intensidade pelas alas, com Tcharles e Hélio. Chance de gol mesmo, apenas uma, com uma finalização de fora da área de Lucas Siqueira, que passou ao lado. No mais, um bom 0 a 0, com a bola correndo a maior parte dos primeiros 45 minutos, e com boas chances para o escrete alviceleste.

Segundo tempo

Para a segunda etapa, o Londrina praticamente entrou em campo sabendo que só precisava de um gol para garantir o acesso, já que o Ypiranga marcou um gol no início da segunda etapa. Com isso, o Tubarão se lançou ao ataque em busca da Série B.

Porém, o LEC ainda tinha um adversário pela frente, e o Remo não abriu mão do jogo. Aos 4 minutos, Tcharles fez um cabeceio e Dalton teve que intervir de maneira milagrosa. Dois minutos depois, resposta do Londrina, com Adenílson enfiando Carlos Henrique na cara do gol e o atacante parando e Vinicius. Mas o jogo era lá e cá, e o Remo chegou com bola no travessão de Fredson.

Com o passar do tempo, o Londrina passou a ter o controle do jogo, mas desperdiçava muitas chances. A tensão subia, e o Silvinho mexia buscando ter um time com mais amplitude. Mas quando o torcedor já começava a roer as unhas, o gol saiu. Após boa jogada pela direita, Jardel cruzou, Vinicius saiu mal, Samuel Gomes cruzou rasteiro e Gilberto Alemão mandou para dentro, contra, para colocar o LEC na frente.

De resto, não teve jogo. O Remo até buscou ter mais oportunidades, controlar o meio e criar mais chances, mas o Londrina foi gigante, amarrou o jogo e garantiu uma vaga à Série B.

Remo x Londrina
O elenco do Londrina que garantiu o acesso à Série B (Gustavo Oliveira/Londrina EC)
Ficha técnica:

Remo 0x1 Londrina:

Remo: Vinícius; Ricardo Luz, Rafael Jansen, Fredson e Laílson (Dioguinho); Lucas Siqueira (Júlio Rusch) [Gilberto Alemão], Charles, Felipe Gedoz e Eduardo Ramos (Eron); Hélio (Wallace) e Tcharlles. Técnico: Netão.

Londrina: Dalton; Gedeílson, Marcondes, Jeferson Silva e Rafael Rosa (Luan Marchiori); Bidía (Celsinho), Jardel e Adenílson (Fábio Matos); Douglas Santos (Samuel Gomes), Igor Paixão (Victor Daniel) e Carlos Henrique. Técnico: Silvinho Canuto.

Gol: Gilberto Alemão, aos 42 minutos do segundo tempo (contra).

Cartões amarelos: Bidía e Gedeílson.

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP).

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP).

Local: Estádio Mangueirão, em Belém-PA.


LEIA MAIS: Fora da partida diante do Remo, Junior Pirambu está de saída do Londrina

BAIXE O APLICATIVO DA TUBARÁDIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *