fbpx

NA CABEÇA DO TORCEDOR #07 – Vinicius Volpini

Share this...

Vinicius Volpini, 28 anos, tatuador e professor de arte

@vinivolpini@vini.volpini

Um dos jogos que mais me marcou foi a semifinal com o Cruzeiro pela Primeira Liga em 2017. Já tínhamos vencido o campeão da edição anterior, Fluminense. Agora era a vez do maior desafio até então, o Cruzeiro. Dia de jogo. Estádio lotado. Mesmo com um sol forte na cabeça, aos 20 minutos veio o primeiro balde de água fria. Gol do Cruzeiro em um escanteio.

O LEC criou lances de perigo até o fim da primeira etapa, mas nada de empate. Segundo tempo, vamos pra cima Tubarão! 45 minutos pra virar esse jogo e… logo aos 8 o segundo balde de água fria, Cruzeiro 2×0. Mas a torcida não desanimou, era um grande jogo.

Aos 36 minutos, começava uma das maiores emoções que já presenciei com o futebol. Gol do Safira! Jogo até os 51’. Coração na garganta já. Todo torcedor conhece a expressão “aos 45 do segundo tempo”, pois é! Nesse caso foi aos 50 do segundo tempo… Safira derrubado, pênalti pro LEC. Germano na bola, GOL DO LEC! Íamos pra decisão nos pênaltis.

Eu queria entrar em campo, então fiquei o mais próximo que eu podia ali na mureta. LEC inicia batendo. 1×0. Lucas Silva na bola e CÉSAR! Alegria que durou pouco, Rafael pega também pro Cruzeiro. Na terceira cobrança da Raposa, CÉÉSAR de novo! Encaixou a bola! E novamente o LEC desperdiça a cobrança seguinte.

Mas agora César já tinha mostrado que era com ele. Ele faria a diferença. Batida do Cruzeiro e CÉÉÉSAR de novo! Era impressionante ver aquela atuação ao vivo! TRÊS DEFESAS! Dirceu na bola, era “só fazer”! GOOOOOL DO LEC! O LEC ESTAVA NA FINAL! Esse com certeza é um dia que vou me lembrar pro resto da vida.

A emoção era tanta que mesmo depois de chegar em casa após as comemorações, sentei e fiz esse desenho, representando as três cobranças defendidas pelo César. Uma felicidade imensa ter entregue nas mãos dele esse desenho depois. Obrigado aos heróis do LEC desse jogo, Safira e César. São jogos assim que me lembram como vale a pena torcer para o time da sua cidade, que te representa. Não tem orgulho maior.

View this post on Instagram

NA CABEÇA DO TORCEDOR #07 Vinicius Volpini, 28 anos, tatuador e professor de arte @vinivolpini @vini.volpini Um dos jogos que mais me marcou foi a semifinal com o Cruzeiro pela Primeira Liga em 2017. Já tínhamos vencido o campeão da edição anterior, Fluminense. Agora era a vez do maior desafio até então, o Cruzeiro. Dia de jogo. Estádio lotado. Mesmo com um sol forte na cabeça, aos 20 minutos veio o primeiro balde de água fria. Gol do Cruzeiro em um escanteio. O LEC criou lances de perigo até o fim da primeira etapa, mas nada de empate. Segundo tempo, vamos pra cima Tubarão! 45 minutos pra virar esse jogo e… logo aos 8 o segundo balde de água fria, Cruzeiro 2×0. Mas a torcida não desanimou, era um grande jogo! Aos 36 minutos, começava uma das maiores emoções que já presenciei com o futebol. Gol do Safira! Jogo até os 51’. Coração na garganta já. Todo torcedor conhece a expressão “aos 45 do segundo tempo”, pois é! Nesse caso foi aos 50 do segundo tempo… Safira derrubado, pênalti pro LEC. Germano na bola, GOL DO LEC! Íamos pra decisão nos pênaltis. Eu queria entrar em campo, então fiquei o mais próximo que eu podia ali na mureta. LEC inicia batendo. 1×0. Lucas Silva na bola e CÉSAR! Alegria que durou pouco, Rafael pega também pro Cruzeiro. Na terceira cobrança da Raposa, CÉÉSAR de novo! Encaixou a bola! E novamente o LEC desperdiça a cobrança seguinte. Mas agora César já tinha mostrado que era com ele. Ele faria a diferença. Batida do Cruzeiro e CÉÉÉSAR de novo! Era impressionante ver aquela atuação ao vivo! TRÊS DEFESAS! Dirceu na bola, era “só fazer”! GOOOOOL DO LEC! O LEC ESTAVA NA FINAL! Esse com certeza é um dia que vou me lembrar pro resto da vida. A emoção era tanta que mesmo depois de chegar em casa após as comemorações, sentei e fiz esse desenho, representando as três cobranças defendidas pelo César. Uma felicidade imensa ter entregue nas mãos dele esse desenho depois. Obrigado aos heróis do LEC desse jogo, Safira e César. São jogos assim que me lembram como vale a pena torcer para o time da sua cidade, que te representa. Não tem orgulho maior.

A post shared by Mitos do Esporte (@mitosesporte) on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *