fbpx

Não vacilar é o segredo

Share this...

Por: Thiago Mossini

Não vacilar! Este é o fator determinante em um torneio como a Série C do Campeonato Brasileiro. Com apenas dez times no grupo, a distância entre o céu e o inferno é muito curta. Você pode ir de um a outro num piscar de olhos. Por isso, não vacilar, não cochilar, será o fator o divisor de águas.

O nível das equipes é bem parecido e, por isso, estar sempre ligado e não desperdiçar chances é importante ao longo da caminhada. Meu receio nesta sequência de jogos que o Londrina tinha, era que o histórico de “vacilão” dos últimos anos reapareceria. Porém, por enquanto, o time conseguiu manter o foco e vencer os jogos seguidos em casa.

Ainda falta um, dia 17, diante do São José, cuja obrigação alviceleste é vencer também, mas as duas vitórias já obtidas serviram para dar um rumo ao time e mostrar para os adversários que o “Tubarão está na área”.

O time está jogando o fino da bola? Não, mas quem está? Na Série C, o que vale é somar pontos e isso o Londrina começou a fazer.

Já baixou o app da TubaRádio? Baixe aqui e ouça de segunda a sexta, das 19 às 20 horas, o Programa Tubanautas

A vitória sobre o São Bento foi importantíssima. Primeiro porque manteve o Alviceleste entre os primeiros colocados. Segundo porque qualquer outro resultado traria uma crise ao time por causa da situação do rival, que somou apenas um ponto até agora.

A folga forçada na tabela, já que o Brusque, que seria o próximo adversário alviceleste, fará o segundo jogo da decisão do Catarinense no final de semana, é boa para o técnico Alemão aprimorar o entrosamento e o conjunto da equipe, que vem sendo um dos grandes inimigos neste momento. E ele precisa usar esse tempo extra que os concorrentes não terão para corrigir as falhas e fazer o time criar mais.

Leia também: Com gol de Marcondes, LEC vence São Bento e entra no G4

É mais fácil acertar o time quando ele está em ascensão, sem pressão, do que quando a fase está brava. Por isso, Alemão, aproveite os dias de paz para dar sua cara ao Tubarão e fazer ele seguir até o final sem vacilar.

Não se esqueça de se inscrever no meu canal do YouTube, só clicar aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *