fbpx

Prece alviceleste: uma vitória fora de casa

Share this...

Coluna do Thiago Mossini

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

No Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, os torcedores do Londrina direcionam a ela apenas uma prece: conseguir vencer um joguinho pelo menos fora de casa. Esse é o grande milagre que o Tubarão espera nesta Série C.

Até agora, o time alviceleste empatou com o Ituano e perdeu para Ypiranga-RS, Tombense, Brusque e Criciúma. Escrevi na semana passada e mantenho nesta: não se consegue o acesso só com vitórias em casa. É preciso vencer jogos fora.

O técnico Alemão não pôde contar com jogadores importantes na derrota para o Criciúma, no último domingo, em Santa Catarina, entre eles o meia Adenilson, principal nome do elenco. Em um plantel limitado, isso faz diferença e pode até explicar mais um tropeço, mas time que quer subir precisa superar esses fatores.

O Londrina continua no G4, mas é preocupante esse trauma de ser visitante, ainda mais em um campeonato com portões fechados, cujo fator campo perde muito de sua importância. Serão dois jogos seguidos no estádio do Café na sequência e estes jogos viraram verdadeiras finais para o Tubarão justamente pelo fato de só vencer em casa.

Na falta de confiança em buscar vitórias fora, vencer no Café é obrigação se quiser continuar pensando em acesso, ainda mais que um dos adversários é o vice-líder, o que fará diminuir a distância entre ambos, e o outro é um time que está na cola do Londrina, apenas três pontos atrás.

Com a volta de jogadores importantes à equipe titular, o time entra mais forte para buscar se manter no G4 e cumprir com sua obrigação antes de sair novamente para superar seu trauma de ser visitante.

APROVEITEM, E SE INSCREVAM NO MEU CANAL NO YOUTUBE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *