Cláudio Tencati no Estádio do Café. FOTO: Gustavo Oliveira/Assessoria Lec

Após seis anos e sete meses com oito títulos conquistados, Cláudio Tencati da adeus ao Londrina Esporte Clube. Ex-jogador, Ricadinho é o novo comandante.

Após várias conversas com a diretoria, o técnico mais longevo do país da adeus ao Londrina Esporte Clube. Depois de fazer o comunicado aos funcionários e aos jogadores do clube nesta quarta-feira. Cláudio Tencati deve fazer o comunicado a imprensa em entrevista coletiva nesta quinta-feira. Alguns indícios são que o treinador está de partida ao futebol árabe. Depois de seis anos e sete meses, Tencati ainda participa do último confronto no comando do Tubarão neste sábado, às 17h30 no Serra Dourada contra o Vila Nova pela Série B.

Em abril de 2011, com a parceria do gestor da SM Sports, Sérgio Malucelli, o treinador Cláudio Tencati assumiu o Tubarão com o intuito de alavancá-lo de volta para o cenário nacional. Entre os oito títulos que o professor conquistou no comando do Londrina, contém: da Segunda Divisão do Paranaense ao qual ele assumiu e foi campeão, um Paranaense (2014), quatros títulos do interior (2013, 2015, 2016 e 2017). Pelo Brasileirão Série C (2015) encerrou vice-campeão. E pela Copa Primeira Liga deste foi campeão deixando para trás Paraná, Fluminense, Cruzeiro e Atético-MG.

Ao todo, Tencati esteve ao comando do Londrina em 269 jogos, sendo 131 vitórias, 72 empates e 66 derrotas. Atingindo um aproveitamento de 57,62% dos pontos disputados.

O homem que assume o comando do Londrina, é o ex-jogador e pentacampeão mundial pela seleção brasileira em 2002, Ricardinho. Ele deve participar ainda dos treinos desta semana e também viajar com a delegação para Goiânia para o confronto final pela Série B. Pelo seu comando já passou tais clubes como: Paraná, Ceará, Avaí, Santa Cruz, Portuguesa. Sua última oportunidade foi no ano passado quando estava no comando do Tupi-MG.