Dirceu com a camisa alviceleste. FOTO: Gustavo Oliveira/Assessoria Lec

As vésperas do último confronto na Série B, Dirceu ressalta a importância em fazer um bom jogo, avalia como foi à competição. E comenta sobre a sua permanecia no clube.

Estamos na semana de reta final da Série B, e já estão decidido os quais irão subir para a elite do campeonato nacional e também aqueles que estão rebaixados para terceira divisão. O Londrina Esporte Clube faz o seu último confronto diante do Vila Nova, no sábado às 17h30 no Serra Dourada. Com o objetivo principal não alcançado, resta honrar a camisa e encerrar o campeonato em uma melhor posição como revela o Xerife do time alviceleste Dirceu.

“Não conseguimos o principal objetivo, mas aquele sentimento que foi por pouco na maioria dos jogadores e torcedores. Então a gente como profissionais que somos, a partir do momento que vestir a camisa do Londrina tem que representar muito bem e dar o seu melhor, e uma vitória lá em Goiânia-Go para o grupo e para o clube é importante. Afinal, confirma essa quinta colocação” – afirma o zagueiro Dirceu.

Mesmo sabendo que nada mais pode mudar, o xerife do time ressalta a importância de jogar para vencer. De buscar dar o melhor para fazer uma grande partida, são válidas as boas campanhas das equipes, ainda que seja a última partida, pode ser um excelente confronto.

“É uma oportunidade que os onze vão ter mais três para representar, acima de todo o clube, e também o nosso nome. A responsabilidade de um jogo desses cai nas costas de cada um, em nossa mão, chegar lá e passar um fiasco, uma vergonha. Tem vários fatores que são preponderantes, para você dar a devida atenção no jogo. É um jogo de segunda divisão, no Serra Dourada com duas equipes boas, que fizeram boas campanhas, tem tudo para ser um grande jogo” – descreve o zagueiro.

O zagueiro Dirceu chegou ao Tubarão já no meio do campeonato. Ainda que estivesse parado no Figueirense, seu último clube. Ele conseguiu fazer um bom aproveitamento aqui, lamenta por não garantir o acesso, mas tem uma avaliação positiva de tudo que vivenciou.

“Tenho uma seqüência muito boa e muito positiva, neste final principalmente, infelizmente no último jogo acabaram com as nossas chances, mas eu acho que temos uma situação muito boa, representamos muito bem a camisa do Londrina. No geral, foi um trabalho muito bem feito e por pouco que a gente não chega ao grande objetivo” – avalia Dirceu.

O jogador que tem contrato até 30 de novembro, afirma que não tem interesse de sair do clube. Mas, que pretende ir aos poucos, como diz o dilema do professor “jogo a jogo” e se existe uma conversa para renovar, porque não?

“Independente do que vier acontecer, uma renovação? Para mim perfeito, a sintonia e energia que eu tenho aqui em Londrina é fantástica. Eu jamais veria isso com maus olhos, e se por acaso não acontecer é porque vai aparecer coisa melhor para min. Então estou bem tranqüilo, família esta feliz, está bem realizada no momento. Vou viver cada jogo e depois pensar em contrato” – finaliza o jogador.