Com esse jogão de hoje, recebemos um texto de uma torcedora que pediu para não se identificar, porém diz muito a respeito do que estamos vivendo!

Os cinco motivos, são:

1) Sentir o ‘calor’ do canto da torcida inflamada:

Quando você está no estádio, uma das coisas mais legais com certeza são os cantos da torcida, e ver pela TV não te dá a real dimensão do que aquilo arrepia e incendeia o apaixonado pelo seu clube, que acaba entrando junto no canto e se envolvendo com o time nos 90 minutos. Mesmo com equipes pequenas, se você chamar um amigo, outro colega e por aí vai, dá para criar uma massa para incentivar sua agremiação.

2) Ver seu ídolo de perto:

Você torce para o São Paulo e gosta do futebol do atacante Dagoberto . Viu muitos gols e lances do brasileiro na TV ou pela internet e quer presenciar um jogo dele no estádio, nas arquibancadas. É a oportunidade de ver o camisa 10 correndo, gesticulando, dando instruções para os companheiros, driblando e até fazendo um gol.

Uma transmissão de televisão não capta exatamente tudo o que se passa com seu ídolo e deixa passar muita coisa. Estando ali na numerada, você acompanha seu ídolo os 90 minutos e quem sabe consegue uma camisa ou autógrafo dele. Tenho certeza que daqui décadas, você terá boas histórias para contar sobre o Dagool aos seus filhos, mostrando fotos e vídeos feitos no estádio.

3) Enxergar tudo o que acontece no campo e estádio:

Além de poder ver seu ídolo, é possível no estádio enxergar tudo que envolve o jogo, como o time está distribuído taticamente, por exemplo. Assim é possível cornetar seu treinador, já que você sabe em detalhes a posição de cada um e onde a equipe está errando. Também dá para assistir alguma cena inusitada que às vezes nem as câmeras de televisão conseguem captar, por mais que existam dezenas delas espalhadas em uma transmissão.

4) Recordações:

Quando você vai ao estádio, compra ingressos e os guarda, tira fotos do jogo, faz selfie com amigos no intervalo e depois ri de tudo isso. Se seu time ganha ou perde não importa, aliás o espírito esportivo prevalece, o que vale é lembrar que “aquele dia foi ‘loko’”, e tem recordações daquilo que substitui uma transmissão pela TV ou rádio. Mas lembre-se: apesar das tecnologias, tente fazer isso o mínimo possível, assista à partida e curta a atmosfera em torno daquilo.

5) Encontrar e fazer novos amigos:

Você vai ao Barradão assistir Vitória x ABC de Natal. Você não vê Zezinho (que torce pelo Rubro-negro) há um tempão e o encontra no estádio. Trocam ideias, falam sobre o que estão fazendo da vida e assistem ao jogo com seus respectivos grupos de amigos. Na hora do gol, todo mundo se abraça e você acaba abraçando que sequer trocou uma palavra. É a magia do futebol que só ocorre estando no estádio. Todos em prol da peixão pelo time.

O futebol une pessoas, e isso de fato acontece. Além disso, o futebol confraterniza.