fbpx

Cascavel CR x Londrina: relacionados, escalação, arbitragem e retrospecto

Share this...

Londrina enfrenta o Cascavel CR pressionado pela vitória para fugir da zona de rebaixamento, e ainda brigar por uma vaga a próxima fase

Por Vinícius Eira
Arte: Júnior Azevedo

O Londrina viajou para o oeste do estado para encarar a equipe do Cascavel CR sob forte pressão. Graças a campanha sem vitórias, o Tubarão entra em campo na zona de rebaixamento, e olhando uma tabela que se complica muito nas próximas rodadas. Já a Serpente ainda sente o peso do escândalo da falsificação de exames de Covid-19, não sabe exatamente qual vai ser seu futuro, mas vem embalada dentro de campo após a grande vitória contra o Rio Branco na última rodada. A bola rola às 18h, no Estádio Olímpico Regional.


LONDRINA

O Tubarão passa por seu pior momento desde 2019, quando foi rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. E mesmo mais de um ano depois, o que volta a tirar o sono de jogadores e torcedores tem o mesmo nome: rebaixamento. O LEC vai entrar em campo na tarde desta segunda-feira (3) na penúltima posição da tabela, sendo a única equipe que ainda não venceu no certame, e tendo pela frente nas últimas três rodadas o melhor ataque do campeonato, Coritiba; a equipe com maior sequência de vitórias hoje, 3, o Athletico; e o único invicto neste momento, o FC Cascavel.

Mas esquecendo os futuros rivais, o foco agora é o Cascavel CR. Só que para voltar a vencer no Campeonato Paranaense após 442 dias, o técnico Roberto Fonseca vai ter trabalho, já que está longe de poder contar com força máxima no elenco. Cristian (joelho), Felipe Vieira (pé), Pedro Cacho (coxa), Danilo (joelho), Victor Daniel (púbis), Gerônimo (concussão) e Alan e Marcel (transição física) estão no departamento médico. Além deles, Jean Henrique cumpre suspensão automática, e Jonatas Belusso pediu liberação para resolver assuntos pessoais. Os novos reforços Zé Ricardo e Tiago Orobó também não foram relacionados. Por outro lado, Luiz Henrique retorna.

Com isso, Roberto Fonseca convocou os seguintes atletas:

Goleiros: César e Dalton;
Laterais: Felipe Camilo, João Carlos e Luiz Henrique;
Zagueiros: Caio Bacarin, Lucas Costa, Marcondes e Zé Pedro;
Meias: Adenílson, Bidía, Celsinho, Luan Marchiori, Marcelo Freitas e Matheus Bianqui;
Atacantes: Douglas Santos, Juan Matos, Safira, Salatiel, Thiago Henrique e Wilker.

Um provável Londrina titular hoje tem: Dalton; João Carlos, Marcondes, Lucas Costa e Luiz Henrique; Luan Marchiori (Bidía), Matheus Bianqui, Marcelo Freitas e Adenílson; Douglas Santos e Safira (Salatiel).


CASCAVEL CR

A Serpente já viveu muitas emoções nesse Paranaense. Primeiro o grupo gestor deixou o projeto e a equipe teve que se reformular com o certame em andamento. Quando o time parecia estar se encaixando, veio o escândalo dos exames, quando a Federação Paranaense de Futebol descobriu que ao menos 14 funcionários do clube, incluindo jogadores, tiveram seus testes de Covid-19 falsificados. Com isso, o técnico Luiz Carlos Cruz e alguns atletas mais experientes pediram demissão. E mesmo com a indefinição sobre futuro e possível punição, o interino Arthur Vaz comandou um jovem Cascavel na primeira vitória do clube na competição, na última quinta-feira (29), batendo o Rio Branco, fora de casa, por 4×2.

E é exatamente com o espírito de se reerguer no Paranaense, e no futebol como um todo, que o Cascavel vem para esse jogo contra o Londrina. Arthur Vaz afirmou em entrevista durante a semana que vai em busca de pontos, e terá quase todo o elenco a disposição. O único desfalque é do meia Ewerton, que foi expulso em Paranaguá. Por outro lado, Vinicius Sangiorgi se recuperou de lesão e deve retornar a equipe titular.

Portanto, o CCR deve ir ao jogo com: Léo Souza; Lapa, Vinicius Sangiorgi, Cristiano e Adriano; Gomes, Castro, Éder Wilson e Bruno; Bruno Gaúcho e Ramon.


ARBITRAGEM

Árbitro: Murilo Ugolini Klein;
Assistentes: Alessandro Antônio Gonçalves e Darlan Ayrton Boaro;
Quarto árbitro: André Ricardo Martins.


RETROSPECTO

Londrina e Cascavel CR já se enfrentaram em sete oportunidades na história – cinco pelo Paranaense e duas pela Copa Paraná – com três vitórias do Tubarão, dois empates e dois triunfos do CCR. O último embate foi no estadual da temporada passada, mas terminou sem gols. Outro dado interessante é a invencibilidade no confronto direto, com a última derrota alviceleste sendo registrada no dia 07/07/2007 – porém, deve-se considerar que Londrina e Cascavel CR não se enfrentaram entre 2009 e 2019.


LEIA MAIS

Londrina Predial Basketball mostra evolução no Campeonato Brasileiro e ganha força para a disputa dos playoffs
EXCLUSIVO – ‘Acredito que o Londrina vai subir esse ano’, diz Sérgio Malucelli
Londrina confirma contratação de Salatiel

BAIXE O APLICATIVO DA TUBARÁDIO GRATUITAMENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *