Category: Campeonato Brasileiro (page 1 of 4)

Que Jogo, Amigos!!!!!

Da Redaçaõ

E-L-E-T-R-I-Z-A-N-T-E assim podemos definir o jogão desta sexta tão esperado por nós!!!!! O LEC começou apagado entregando altas bolas no primeiro tempo para o ataque do Vila e talvez a pior partida do nosso xerifão Dirceu.

Sem seu principal goleador, Alan Mineiro, o Vila surpreendeu com Juninho que agarrou a oportunidade para mostrar serviço, mas aos 50 segundos do segundo tempo, Rafael Silva marca o primeiro, para nosso desespero 🙁

Sem tempo pra lamentar, o LEC não deu paz  para a zaga do Vila, atacando com Felipe Marques e Dagol, até que aos 25 minutos, Dagoberto acertou o travessão e Carlão Colheitadeira mandou pra dentro! 1×1. 3 minutos depois Felipe Matador Marques  fez o vira-vira 2×1.

Jogo lá e cá, porém o Vila sentiu muito a virada e o LEC partiu pra cima não se acomodando em campo e buscando o terceiro gol, mas aos 43 o time de Goiás empata. Confesso que eu brochei escrevendo este texto, mas na confusão do ataque do LEC o juizão marcou um penalti e expulsou o goleiro deles: Dagol marcou e fez LEC 3×1.

 

LEC a 1 ponto do G4, não, você não leu errado, o time que estava lutando para não cair, agora está a 1 ponto dos 4 que sobem para a Priemira Divisão de 2019

 

 

Veja Cinco Motivos para Assistir seu Time no Estádio

Com esse jogão de hoje, recebemos um texto de uma torcedora que pediu para não se identificar, porém diz muito a respeito do que estamos vivendo!

Os cinco motivos, são:

1) Sentir o ‘calor’ do canto da torcida inflamada:

Quando você está no estádio, uma das coisas mais legais com certeza são os cantos da torcida, e ver pela TV não te dá a real dimensão do que aquilo arrepia e incendeia o apaixonado pelo seu clube, que acaba entrando junto no canto e se envolvendo com o time nos 90 minutos. Mesmo com equipes pequenas, se você chamar um amigo, outro colega e por aí vai, dá para criar uma massa para incentivar sua agremiação.

2) Ver seu ídolo de perto:

Você torce para o São Paulo e gosta do futebol do atacante Dagoberto . Viu muitos gols e lances do brasileiro na TV ou pela internet e quer presenciar um jogo dele no estádio, nas arquibancadas. É a oportunidade de ver o camisa 10 correndo, gesticulando, dando instruções para os companheiros, driblando e até fazendo um gol.

Uma transmissão de televisão não capta exatamente tudo o que se passa com seu ídolo e deixa passar muita coisa. Estando ali na numerada, você acompanha seu ídolo os 90 minutos e quem sabe consegue uma camisa ou autógrafo dele. Tenho certeza que daqui décadas, você terá boas histórias para contar sobre o Dagool aos seus filhos, mostrando fotos e vídeos feitos no estádio.

3) Enxergar tudo o que acontece no campo e estádio:

Além de poder ver seu ídolo, é possível no estádio enxergar tudo que envolve o jogo, como o time está distribuído taticamente, por exemplo. Assim é possível cornetar seu treinador, já que você sabe em detalhes a posição de cada um e onde a equipe está errando. Também dá para assistir alguma cena inusitada que às vezes nem as câmeras de televisão conseguem captar, por mais que existam dezenas delas espalhadas em uma transmissão.

4) Recordações:

Quando você vai ao estádio, compra ingressos e os guarda, tira fotos do jogo, faz selfie com amigos no intervalo e depois ri de tudo isso. Se seu time ganha ou perde não importa, aliás o espírito esportivo prevalece, o que vale é lembrar que “aquele dia foi ‘loko’”, e tem recordações daquilo que substitui uma transmissão pela TV ou rádio. Mas lembre-se: apesar das tecnologias, tente fazer isso o mínimo possível, assista à partida e curta a atmosfera em torno daquilo.

5) Encontrar e fazer novos amigos:

Você vai ao Barradão assistir Vitória x ABC de Natal. Você não vê Zezinho (que torce pelo Rubro-negro) há um tempão e o encontra no estádio. Trocam ideias, falam sobre o que estão fazendo da vida e assistem ao jogo com seus respectivos grupos de amigos. Na hora do gol, todo mundo se abraça e você acaba abraçando que sequer trocou uma palavra. É a magia do futebol que só ocorre estando no estádio. Todos em prol da peixão pelo time.

O futebol une pessoas, e isso de fato acontece. Além disso, o futebol confraterniza.

LEC Vence mais uma e já é o oitavo na tabela

LEC ganha a quinta seguida, e agora já é oitavo na tabela

Nosso Tubarão ganhou mais uma ontem! Sim amigos, a quinta vitória seguida! Sempre acreditamos nos momentos difíceis que a virada chegaria! Num jogo onde o goleiro do Figueira foi uma mãe, Dagoil marcou logo aos 5 minutos do primeiro tempo!

Já no segundo tempo, o Figueira criou as melhores chances, mas o LEC marcava forte! Mas aos 42 minutos Sávio cruzou rasteiro para Felipe Marques aparecer disposto a matar a partida e garantir mais 3 pontos pro Tuba!

No próximo jogo, dia 27, vamos pro sul do mundo enfrentar mais uma pedra em nosso sapato, o Juventude! O jogo será as 21 horas no Jaconi!

Nós acreditamos e vocês?

Após o empate em 0 a 0 com o Atlético Goianiense,LEC volta às atenções para reviver encontro histórico

Por Felipe Almeida

Com uma semana inteirinha para se preparar para o confronto contra o CSA, LEC treina para reviver final histórica no Café. O confronto será um “remake” da final da Taça de Prata de 1980 (Sim, somos o primeiro time paranaense campeão nacional), o time alagoano está na 3° posição e é a sensação desta série B, chegando estar na liderança algumas rodadas, seu último confronto foi positivo sobre o BOA.

 

Uma vitória neste confronto, coloca o nosso Tubarão no G4, dependendo dos resultados da rodada! Apesar de vir de dois empates seguidos (Fortaleza e Atlético-GO), a esperança para reverter a crise de gols, foi renovada com a chegada do menino Felipe Marques, vindo do Remo e que já foi testado no CT no treino de hoje! . A contratação tão discutida nos grupos de Whats parece que animou a torcida! Felipe teve bom desempenho no Campeonato Paraense, ajudando o Remo na conquista do título, frente ao Paysandu.

BASQUETE

Nosso Tubasquete joga três partidas em casa nessa semana, e já está classificado para os PlayOffs da Liga Ouro não deixem de apoiar nosso Tubarão das quadras! Vejam as datas dos confrontos no Moringão:

16/05 – Londrina x Blumenau
18/05 – Londrina x Corinthians

Todos os jogos serão às 20 horas, ingressos somente na bilheteria do ginásio.

ELE VOLTOU!

Foto: Diego Nigro/Estadão Conteúdo

O gestor do Londrina, Sergio Malucelli confirmou a reportagem que o atacante Keirrison vai defender o Tubarão em 2018. O jogador tem contrato com o Coritiba até julho de 2018. Com o Londrina o contrato vai ser até dezembro de 2019.

O jogador já está na cidade e será apresentado na quinta-feira.

No início de 2017, o atacante acertou com o Futebol Clube de Arouca, da primeira divisão do futebol português, após passar uma temporada no Londrina. Ele atuou de forma ativa durante a campanha da Série B e marcou oito gols.

DESPEDIDA DE TENCATI E SÉRIE B COM VITÓRIA

Tubarão volta reapresentar no dia 2 de janeiro. FOTO: Gustavo Oliveira/Assessoria Londrina Esporte Clube

Para os poucos mais de mil torcedores, o Tubarão venceu o Vila Nova e se despediu da Série B e de Cláudio Tencati.

Na tarde deste sábado (25), o Tubarão venceu o Vila Nova no Serra Dourada por 1 a 0. Único gol da partida foi marcado de pênalti por Germano. O confronto que também marcou a despedida do técnico Cláudio Tencati no comando do Londrina. E também o término do Campeonato da Série B.

O Londrina Esporte Clube encerrou a competição na quinta posição com 62 pontos, ficando apenas dois pontos do G4. Já o Vila Nova, com a derrota perdeu duas posições e terminou na sétima posição com 58 pontos.

COMO FOI A PARTIDA?
No primeiro tempo, as duas equipes não aproveitaram as poucas oportunidades que tiveram, das quais o Tubarão foi mais ousado e encerrou na frente. O Vila Nova foi o primeiro que assustou. Aos 5 minutos, Maguinho encenou o famoso drible da foca e invadiu a grande área, com o desiquilíbrio a bola caiu nos seus pés e chutou para fora. Aos 24 minutos, Alemão bobeou perto da grande área e Safira roubou a bola para o ataque mas sofreu falta, Artur tentou passando por cima do gol. Na marca de 35 minutos, após a cobrança de escanteio a bola sobrou dentro da grande área para Germano, porém isolou a bola. Quando tudo parecia estar encaminhado, Patrick Vieira ganhou na dividida com Wesley Matos e foi para grande área, recebeu um carrinho do goleiro Luís Carlos e o árbitro assinalou, Germano foi para a cobrança e converteu. Ainda sobrou alguns minutos para Ruan arriscar de fora da área e Jenilson cabecear nas mãos do goleiro César que pouco trabalhou.

O início do tempo complementar foi lento. Os dois técnicos colocaram novas peças por ambos lados, que não surtiram efeitos tanto no campo quanto no placar. Nos primeiros dois minutos, Alan Mineiro avistou boa oportunidade de fora da área e arriscou passando por cima do gol alviceleste. Aos 9 minutos, Artur ganha de Maguinho na grande área chutou no zagueiro. Nos acréscimos, Alípio cobrou falta perto da meia lua que vai direto para César. Aos 48, o goleiro César mostrou o seu talento no ataque produzido por Wesley Matos, que definiu o placar.

VOCÊ DISSE FÉRIAS?
A partir deste momento os jogadores podem curtir as férias, e deverão se apresentar no dia 2 de janeiro para o início da pré-temporada. Pois no dia 21, o Tubarão tem confronto diante do Foz do Iguaçu no Estádio ABC pelo Campeonato Paranaense.

TCHAU PROFESSOR!
O técnico Cláudio Tencati se despediu do Tubarão com 270 jogos (132 vitórias, 72 empates e 66 derrotas, 58% de aproveitamento) até o momento era o treinador a mais tempo em um clube brasileiro.

O destino ainda não foi revelado, Tencati afirmou começar a resolver este assunto apenas na segunda-feira com o seu empresário. Confirmou também o interesse de clubes brasileiros e também do exterior.

TUBARÃO ENCERRA A SÉRIE B CONTRA O VILA NOVA NO SERRA DOURADA

FOTO: Gustavo Oliveira/Assessoria Londrina Esporte Clube

Sem Ayrton, Negueba e Carlos Henrique. O Londrina se despede do campeonato nacional.

Para encerrar o Campeonato Brasileiro da Série B, diante do Vila Nova às 17h30 no Serra Dourada. O Londrina Esporte Clube chega com dois desfalques, Ayton e Carlos Henrique não joga por problemas pessoais, Negueba que terá o seu contrato rescindindo será afastado.

Nos desfalques, pela lateral direita Reginaldo entra no lugar de Ayrton. Patrick Vieira e Marcinho briga pela vaga deixada por Negueba. E na frente, Safira fica no lugar de Carlos Henrique. O restante da equipe segue os mesmos.

O Tubarão pode entrar da seguinte forma: César; Reginaldo, Dirceu, Edson Silva e Lucas Ramon; Germano, Bidía e Rômulo; Patrick Vieira (Marcinho), Artur e Safira.

Na tabela, o Tubarão é o quinto colocado com 59 pontos. Com empate na última rodada contra o América Mineiro e a vitória do Paraná Clube em cima do CRB, o Londrina fica sem chances para o acesso.

CONFIRA OS CONFRONTOS DO LONDRINA NO PARANAENSE 2018

Tubarão terá pela frente seis confrontos até a final Paranaense. FOTO: Gustavo Oliveira/Assessoria Londrina Esporte Clube

Tubarão estreia no dia 21 contra o Foz do Iguaçu fora de casa.

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) divulgou na última segunda-feira a tabela de jogos do campeonato Paranaense 2018, que será disputado em um novo formato, muito parecido com o carioca. Com início no dia 20 de janeiro com previsão de encerramento nos dias 1 e 8 de abril. O Tubarão estreia no dia 21, às 17h00 contra o Foz do Iguaçu no Estádio ABC.

Os dozes clubes da primeira divisão serão divididos em dois grupos (A e B) que se enfrentarão em duelos diretos por pontos corridos. O Londrina está no grupo B que junto contém Atlético Paranaense, Prudentópolis, Rio Branco, Toledo e Francisco Beltrão. Pelo grupo A contém, Coritiba, Cianorte, Paraná Clube, FC Cascavel, Foz do Iguaçu e Maringá.

Depois de disputarem entre si, as duas equipes com mais pontuação de cada chave vão para a semifinal e respectivamente para a final, com apenas um confronto cada. Após decidir a final, o time vencedor fica cotado como campeão do primeiro turno. Depois inicia-se o segundo turno, mas com as equipes de cada grupo se enfrentando entre eles. Em seguida, os dois times de cada chave fazem a semifinal e também a final. O campeão do primeiro turno faz o duelo final com o campeão do segundo turno. Caso vencedor dos dois turnos seja o mesmo, fica definido como campeão Paranaense 2018. Os dois times que obtiverem o menor número de pontos na fase de grupos serão rebaixados para a segunda divisão.

CONFIRA OS JOGOS DO TUBARÃO NA FASE DE GRUPOS

1° RODADA
21/Jan: Foz do Iguaçu x Londrina – 17h00
Estádio ABC

2° RODADA
24/Jan: Londrina x Maringá FC – 21h45
Estádio do Café

3° RODADA
28/Jan: Paraná Clube x Londrina – 17h00
Estádio Durval de Brito

4° RODADA
04/Fev: Londrina x Cianorte – 17h00
Estádio do Café

5° RODADA
10/Fev: Londrina x Coritiba – 16h30
Estádio do Café

6° RODADA
14/Fev: Cascavel x Londrina – 21h45
Estádio Arnaldo Busatto

ADEUS TUBARÃO

Cláudio Tencati no Estádio do Café. FOTO: Gustavo Oliveira/Assessoria Lec

Após seis anos e sete meses com oito títulos conquistados, Cláudio Tencati da adeus ao Londrina Esporte Clube. Ex-jogador, Ricadinho é o novo comandante.

Após várias conversas com a diretoria, o técnico mais longevo do país da adeus ao Londrina Esporte Clube. Depois de fazer o comunicado aos funcionários e aos jogadores do clube nesta quarta-feira. Cláudio Tencati deve fazer o comunicado a imprensa em entrevista coletiva nesta quinta-feira. Alguns indícios são que o treinador está de partida ao futebol árabe. Depois de seis anos e sete meses, Tencati ainda participa do último confronto no comando do Tubarão neste sábado, às 17h30 no Serra Dourada contra o Vila Nova pela Série B.

Em abril de 2011, com a parceria do gestor da SM Sports, Sérgio Malucelli, o treinador Cláudio Tencati assumiu o Tubarão com o intuito de alavancá-lo de volta para o cenário nacional. Entre os oito títulos que o professor conquistou no comando do Londrina, contém: da Segunda Divisão do Paranaense ao qual ele assumiu e foi campeão, um Paranaense (2014), quatros títulos do interior (2013, 2015, 2016 e 2017). Pelo Brasileirão Série C (2015) encerrou vice-campeão. E pela Copa Primeira Liga deste foi campeão deixando para trás Paraná, Fluminense, Cruzeiro e Atético-MG.

Ao todo, Tencati esteve ao comando do Londrina em 269 jogos, sendo 131 vitórias, 72 empates e 66 derrotas. Atingindo um aproveitamento de 57,62% dos pontos disputados.

O homem que assume o comando do Londrina, é o ex-jogador e pentacampeão mundial pela seleção brasileira em 2002, Ricardinho. Ele deve participar ainda dos treinos desta semana e também viajar com a delegação para Goiânia para o confronto final pela Série B. Pelo seu comando já passou tais clubes como: Paraná, Ceará, Avaí, Santa Cruz, Portuguesa. Sua última oportunidade foi no ano passado quando estava no comando do Tupi-MG.

 

“ESTOU BEM TRANQUILO, FAMÍLIA ESTÁ FELIZ”

Dirceu com a camisa alviceleste. FOTO: Gustavo Oliveira/Assessoria Lec

As vésperas do último confronto na Série B, Dirceu ressalta a importância em fazer um bom jogo, avalia como foi à competição. E comenta sobre a sua permanecia no clube.

Estamos na semana de reta final da Série B, e já estão decidido os quais irão subir para a elite do campeonato nacional e também aqueles que estão rebaixados para terceira divisão. O Londrina Esporte Clube faz o seu último confronto diante do Vila Nova, no sábado às 17h30 no Serra Dourada. Com o objetivo principal não alcançado, resta honrar a camisa e encerrar o campeonato em uma melhor posição como revela o Xerife do time alviceleste Dirceu.

“Não conseguimos o principal objetivo, mas aquele sentimento que foi por pouco na maioria dos jogadores e torcedores. Então a gente como profissionais que somos, a partir do momento que vestir a camisa do Londrina tem que representar muito bem e dar o seu melhor, e uma vitória lá em Goiânia-Go para o grupo e para o clube é importante. Afinal, confirma essa quinta colocação” – afirma o zagueiro Dirceu.

Mesmo sabendo que nada mais pode mudar, o xerife do time ressalta a importância de jogar para vencer. De buscar dar o melhor para fazer uma grande partida, são válidas as boas campanhas das equipes, ainda que seja a última partida, pode ser um excelente confronto.

“É uma oportunidade que os onze vão ter mais três para representar, acima de todo o clube, e também o nosso nome. A responsabilidade de um jogo desses cai nas costas de cada um, em nossa mão, chegar lá e passar um fiasco, uma vergonha. Tem vários fatores que são preponderantes, para você dar a devida atenção no jogo. É um jogo de segunda divisão, no Serra Dourada com duas equipes boas, que fizeram boas campanhas, tem tudo para ser um grande jogo” – descreve o zagueiro.

O zagueiro Dirceu chegou ao Tubarão já no meio do campeonato. Ainda que estivesse parado no Figueirense, seu último clube. Ele conseguiu fazer um bom aproveitamento aqui, lamenta por não garantir o acesso, mas tem uma avaliação positiva de tudo que vivenciou.

“Tenho uma seqüência muito boa e muito positiva, neste final principalmente, infelizmente no último jogo acabaram com as nossas chances, mas eu acho que temos uma situação muito boa, representamos muito bem a camisa do Londrina. No geral, foi um trabalho muito bem feito e por pouco que a gente não chega ao grande objetivo” – avalia Dirceu.

O jogador que tem contrato até 30 de novembro, afirma que não tem interesse de sair do clube. Mas, que pretende ir aos poucos, como diz o dilema do professor “jogo a jogo” e se existe uma conversa para renovar, porque não?

“Independente do que vier acontecer, uma renovação? Para mim perfeito, a sintonia e energia que eu tenho aqui em Londrina é fantástica. Eu jamais veria isso com maus olhos, e se por acaso não acontecer é porque vai aparecer coisa melhor para min. Então estou bem tranqüilo, família esta feliz, está bem realizada no momento. Vou viver cada jogo e depois pensar em contrato” – finaliza o jogador.