fbpx

Cianorte x Londrina: escalações, arbitragem e retrospecto

Share this...

Cianorte e Londrina disputam vaga às semifinais do Campeonato Paranaense e Copa do Brasil de 2022

Por Vinícius Eira
Arte: Júnior Azevedo

O seria apenas um jogo de quartas de finais de um desprestigiado Campeonato Paranaense, passou a valer muita coisa. Quem vencer entre Cianorte e Londrina garante não só a vaga às semifinais do Estadual, como também a milionária Copa do Brasil de 2022, e no caso do Leão do Vale, pode valer também calendário completo no próximo ano com mais uma ida à Série D. Qualquer empate leva para a disputa de pênaltis. A bola rola às 16 horas, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte.


LONDRINA

Sob muito mistério, o Londrina embarcou para o noroeste do estado na tarde de ontem (19). E para tentar surpreender o adversário, Roberto Fonseca não divulgou nem os relacionamentos, nem atualização de departamento médico, já que o jogo vale o principal objetivo do LEC nesse estadual: a garantia direta de uma vaga para a Copa do Brasil.

Porém, a tendência é mesmo a manutenção de boa parte da equipe que enfrentou o mesmo Cianorte na última segunda-feira, com apenas algumas dúvidas na cabeça de Roberto Fonseca. Adenílson e Bidía tiveram lesões ainda em campo na coxa e joelho, respectivamente, e passarão por reavaliação antes do jogo. Outra incógnita fica na função de primeiro volante, já que Jean Henrique não agradou, e Zé Ricardo entrou bem na segunda etapa. Victor Daniel, Marcel, Danilo, Willian Correia e Marcelo Freitas seguem no departamento médico. Augusto está suspenso.

Com isso, o Londrina deve ir à campo com: Dalton; João Carlos, Marcondes, Lucas Costa e Luiz Henrique; Jean Henrique (Zé Ricardo), Matheus Bianqui e Adenílson (Celsinho); Douglas Santos, Safira e Salatiel.


CIANORTE

Após grande início de Paranaense e a ida surpreendente para a terceira fase da Copa do Brasil, o Cianorte teve uma queda de produção na temporada, mas buscaram a vaga às quartas de finais na última rodada da primeira fase, e agora jogam presente e futuro contra o Londrina. Com a classificação para as semifinais, o Leão do Vale garante mais um ano na Copa do Brasil, além de calendário completo em 2022, com a Série D.

E para o duelo decisivo, João Burse terá os retornos de Montoya e Eduardo Doma, que estavam suspensos, e só não poderá contar com Grafite, lesionado. Com isso, e buscando se apegar na grande campanha em casa na temporada, com seis vitórias em oito jogos, o Cianorte vai com tudo o que tem a disposição.

O provável Cianorte tem: Bruno; Michel, Eduardo Doma (Vitor), Maurício e Rael; Zé Vitor, Morelli, Calabrês e Tales; Gabriel Pereira e Pachu.


ARBITRAGEM

Árbitro: Leonardo Ferreira Lima – Quatigua (PR);
Assistente: Luciano Roggenbaum – Curitiba (PR) e Wagner Junior Bonfim Ledo – Siqueira Campos (PR);
Quarto Árbitro: André Ricardo Martins – Moreira Sales (PR).


RETROSPECTO

O Cianorte não se apega apenas no histórico em casa na temporada, mas sim no geral do confronto. Em 31 jogos entre os clubes na história, o LEC venceu sete, empatou 14 e perdeu 10. Por outro lado, o Londrina não perde para o rival dessa quinta-feira desde 2017, e de lá para cá foram sete jogos, com duas vitórias e cinco empates.

Para acrescentar mais um ingrediente em prol do Tubarão, o clube alviceleste já eliminou o Leão do Vale do Estadual de 2005 também fora de casa e nos pênaltis, e venceu a Copa Paraná de 2008, no noroeste do estado e nas penalidades.


ACOMPANHE O JOGO NA TUBARÁDIO

SITE
FACEBOOK
APP TUBARÁDIO
RADIOSNET
YOUTUBE


LEIA MAIS

Londrina tropeça em casa contra o Cianorte, na ida das quartas de finais
Londrina empata com FC Cascavel, mas garante a classificação e enfrenta o Cianorte nas quartas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *