fbpx

FICAR NA SÉRIE B É MELHOR QUE PERDER ELA

Share this...

36948905473_16ae26bd32_k

Por @henrique_frigo

O resultado desejado contra o Criciúma não vem, e Tencati planeja o futuro do elenco alviceleste.

Depois de sofrer uma virada diante do Criciúma no ultimo sábado e sair com a derrota por 2 a 1, o tão sonhado acesso à Série A 2018 ficou um pouco mais longe. Com menos de dez jogos para o término do campeonato, o Tubarão está a 11 pontos do Ceará 4° colocado na zona de classificação, e a cinco do Figueirense que abre a zona de rebaixamento.

Após o final da partida o técnico Claudio Tencati avaliou a equipe em campo, com poucos dias de treino e a conquista do título nacional, alguns fatores como fadiga foram visíveis em campo pelo elenco.

– Um pouco por alguns jogadores é normal. A intensidade que foi o jogo para superar o Atlético Mineiro foi clara. E quando você joga com time grande tem que correr dobrado e nos fizemos isso. Hoje (sábado) quando nós precisamos dessa força naqueles 15 minutos finais, os jogadores principalmente os necessários sentaram um pouco mais em campo, ai precisou daquela agressividade que as substituições não surtiram tantos efeitos necessários – explicou o técnico.

Sendo realista, Tencati não trabalha apenas com números e sim com o atual rendimento da equipe. O que faz trocar o sonho do acesso, pelos pontos que o garante na Série B 2018.

– O mais rápido possível é pontuar para passar dos 43 pontos e ficar tranqüilo para não se incomodar. Não vou ficar com aquela ganância que vamos chegar, pois temos que ser realistas, até pelas proporções que tem sido e nós tem tido essa irregularidade. No primeiro turno fomos a terceira melhor campanha fora, e no returno fora de casa passou a ser uma das piores, em função que não está conseguindo obter os resultados. Temos que usar a realidade.

O Londrina enfrenta fora de casa Juventude, ABC, Boa Esporte, Naútico e Vila Nova. Dentro de casa confronta com Figueirense, Paysandu, Goiás, Guarani, América-MG.

FOTO: GUSTAVO OLIVEIRA/ASSESSORIA LEC

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *