fbpx

Londrina aproveita fragilidade do Cascavel CR, vence a primeira e respira no PR

Share this...

Contando com alto desempenho ofensivo, e baixa produtividade do Cascavel CR, Londrina goleia e entra no G-8

Por Vinícius Eira
Foto: Gabriela Sávio/Cascavel CR

Cascavel CR e Londrina se enfrentaram na noite desta segunda-feira (3), no estádio Olímpico Regional, em confronto direto na briga pelo rebaixamento – já que tanto Serpente como o Tubarão começaram a rodada no Z-2. Mas ao contrário das últimas exibições, o LEC teve outra postura, foi mais ofensivo e controlou o adversário. Goleada que eleva a moral e recoloca o clube na briga por uma vaga à próxima fase.


O JOGO

Após semana turbulenta, com críticas do gestor Sérgio Malucelli, saídas e rodada desfavorável, o Londrina iniciou a partida na zona de rebaixamento e com um mundo de pressão sob os ombros. E precisando da vitória, Roberto Fonseca enfim colocou o LEC com três atacantes, e em uma postura mais ofensiva. Do outro lado também vinha uma equipe pressionada pelo resultado dentro de campo, e pelo clima fora dele, com o escândalo da falsificação de exames de Covid-19.

E com o 4-3-3, o Londrina esteve melhor distribuído, pressionou o adversário e dominou o jogo de fato, algo que Fonseca sempre buscou no esquema com quatro meias. O jogo foi de pressão total alviceleste, que chegava no primeiro tempo com mais facilidade pelas alas com Luiz Henrique pela esquerda, e João Carlos e Douglas Santos pela direita. E foi dos pés do atacante que o primeiro gol saiu. João Carlos cobrou escanteio na entrada da área, Adenílson escorou e Douglas Santos chegou finalizando de fora da área, com a parte externa do pé, sem chances para Léo Souza.

Cascavel CR Londrina
Douglas Santos celebra o primeiro gol do Londrina no jogo (Gabriela Sávio/Cascavel CR)

Com a vantagem no placar, o Londrina relaxou em campo, diminuiu o ímpeto ofensivo, mas dessa vez sem dar margem para o adversário crescer, em um jogo de muita consciência. No fim da primeira etapa, o Tubarão ainda esboçou uma nova blitz, mas Safira e Luiz Henrique perderam grandes chances e as equipes foram para o intervalo ainda no 1×0.

Mas ao contrário de partidas anteriores, o LEC não diminuiu o ritmo de um tempo para o outro, e contou com o vasto repertório do novo 9 para ampliar. Após ataque do Cascavel, Marcelo Freitas deu um chutão para frente, e sem querer armou um contra-ataque. E em sua primeira partida como titular, Salatiel disparou, ganhou a disputa com Cristiano e finalizou no canto para marcar o segundo.

Cascavel CR Londrina
Salatiel venceu a disputa com Cristiano e ampliou o marcador (Gabriela Sávio/Cascavel CR)

O gol no início do tempo abalou o Cascavel, e o desempenho, que já era fraco, ruiu de vez. Sem ter nada a ver com isso, o Londrina foi para cima e atropelou, muito por conta do crescimento de Safira. Primeiro, em cruzamento de João Carlos, o atacante cabeceou para fora. Mas seis minutos depois, o camisa 7 alviceleste recebeu na área, diminuiu a passada e foi atropelado por Lucas. Pênalti que ele mesmo cobrou, com categoria, e converteu.

E mesmo com o 3 a 0, o Londrina ainda não tirou o pé do acelerador. Após chegada no fundo de João Carlos, Matheus Bianqui finalizou por cima. Na sequência, nova chegada pela direita, e Juan Matos deixou Douglas Santos na cara do gol, mas o chute parou na trave. Só que o segundo tempo era de Safira, e em seu 100º jogo com a camisa alviceleste, ele guardou mais um. Luiz Henrique fez boa jogada na esquerda e cruzou rasteiro para o atacante, que dominou, driblou o zagueiro dentro da área e finalizou rasteiro, no canto direito de Léo Souza. Era o quarto tento, que, enfim, deu número final ao jogo.

Com uma postura diferente, ofensiva, mais organizada, e controlando o adversário em campo, o Londrina voltou a vencer no Campeonato Paranaense após 442 dias. Além disso, a goleada tira o clube da zona de rebaixamento, e o coloca no G-8, brigando por uma vaga à próxima fase. O LEC encara o Coritiba, no Estádio do Café, no próximo domingo (9), às 18 horas. Já o Cascavel ainda amargura a lanterna, e aguarda o julgamento do caso de falsificação dos testes de Covid-19. E em meio a toda essa turbulência, a Serpente recebe o Paraná Clube, no sábado (8).


FICHA TÉCNICA: Cascavel CR 0x4 Londrina

Cascavel CR: Léo Souza; Lapa, Vinicius Sangiorgi, Cristiano Oliveira e Adriano (Lucas); Gomes, Castro (Toró), Éder Wilson (Bruno Gaúcho) e Bruno; Ramon e Rafael Bahia (Léo). Técnico: Arthur Vaz.

Cartões amarelos: Lapa, Cristiano Oliveira, Lucas e Bruno.

Londrina: Dalton; João Carlos (Luan), Marcondes, Lucas Costa e Luiz Henrique; Marcelo Freitas (Bidía), Matheus Bianqui e Adenílson (Celsinho); Safira, Douglas Santos (Wilker) e Salatiel (Juan Matos). Técnico: Roberto Fonseca.

Gols: Douglas Santos (aos 19’1T), Salatiel (aos 2’2T) e Safira (aos 20’2T e 37’2T).

Cartões amarelos: João Carlos, Douglas Santos, Salatiel e César (do banco de reservas).

Árbitro: Murilo Ugolini Klein;

Assistentes: Alessandro Antônio Gonçalves e Darlan Ayrton Boaro.

Local: Estádio Olímpico Regional, em Cascavel.


LEIA MAIS

Londrina Predial Basketball mostra evolução no Campeonato Brasileiro e ganha força para a disputa dos playoffs
EXCLUSIVO – ‘Acredito que o Londrina vai subir esse ano’, diz Sérgio Malucelli
Londrina confirma contratação de Salatiel

BAIXE O APLICATIVO DA TUBARÁDIO GRATUITAMENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *