fbpx

Londrina vence o Volta Redonda, e termina primeiro turno no G-4

Share this...

Carlos Henrique perde pênalti, mas Adenílson marca golaço de falta e leva Tubarão a mais uma vitória

Por: Vinícius Eira
Fotos: Gustavo Oliveira/Londrina EC

Na tarde deste domingo (4), Londrina e Volta Redonda se enfrentaram no Estádio do Café, pela 9ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O Tubarão não conseguiu imprimir a intensidade do último jogo, mas manteve o controle do jogo e levou perigo nas bolas paradas. Carlos Henrique perdeu pênalti, mas Adenílson marcou em cobrança de falta. O resultado coloca o LEC no G-4, e dá confiança para o returno da primeira fase.

LEIA MAIS: Londrina lança banco oficial nesta terça-feira (29)


O JOGO

A partida começou quente, tanto na temperatura, como no jogo em si. Logo no primeiro minuto, Igor Paixão recebeu pela esquerda, invadiu a área e foi atropelado por Oliveira. Pênalti marcado de imediato. Carlos Henrique, cheio de confiança, pegou a bola. O atacante fez uma graça, foi devagar para cobrança, bateu rasteiro, mas errou o gol.

O Volta Redonda respirou aliviado, e entrou no jogo. A equipe carioca buscou equilibrar as ações do jogo, adiantou suas linhas e passou a ter a posse de bola no meio-campo, com o time orquestrado por Luciano Naninho na armação, e Pedrinho pela ala esquerda. E as chances até apareceram, com o Voltaço conseguindo trocar passes dentro da área alviceleste. Por outro lado, Zé Pedro e Jeferson fizeram uma boa etapa inicial e conseguiam cortar os ataques antes da bola chegar em Dalton.

No Londrina, a intensidade não era a mesma vista na última quinta-feira contra o Brusque, muito por conta de um meio-campo adversário mais fechado, e do forte calor que fazia na cidade. Mas o LEC apresentou boas ideias, principalmente na construção de jogadas pela ponta esquerda, com Igor Paixão atuando bem novamente, e Rafael Rosa dando alternativas no apoio ofensivo. Mas ainda faltava aquele algo a mais para o Londrina sair de uma equipe que só finalizava de fora da área, para uma que conseguia encaixar jogadas no último terço do campo.

Quando já se pensava no intervalo, surgiu a estrela do 10 alviceleste. Em mais uma jogada pela esquerda, Oliveira fez nova falta em Igor Paixão, perto da área, e desta vez, Adenílson pegou a bola e não deixou ninguém chegar perto do lance. E a cobrança foi magistral. Por cima da barreira, com a bola caindo entre o goleiro Vinicius e a trave, inalcançável. Gol do Londrina para decretar o fim do primeiro tempo e a vitória parcial.

Londrina x Volta Redonda
Adenílson cobrou falta que sacramentou vitória do Londrina (Gustavo Oliveira/Londrina EC)

Na segunda etapa, o panorama se manteve. O Londrina continuava buscando ter a posse de bola, com uma defesa bem estruturada, e um ataque flexível, em boas atuações de Igor Paixão e Danilo. Já o Volta Redonda explorava os contra-ataques, e apostava na velocidade para criar vantagem no ataque. Chance de gol mesmo, foram poucas, mas o jogo ficou emocionante nos últimos 10 minutos – que viraram 20 por conta dos acréscimos.

O Tubarão passou a abdicar das jogadas trabalhadas, e buscou evitar riscos de gol do adversário, se fechando atrás. Mas como vimos no domingo passado, esse recuo não costuma deixar o torcedor tranquilo, muito pelo o contrário. Aos 34’2T, Matheus Bianqui fez falta no campo do ataque, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Alemão até tentou solidificar o sistema defensivo, colocando Marcel no lugar de Vagner, mas o Volta Redonda subiu para o ataque em busca do empate. Robertinho e Pedrinho assustaram Dalton, o drama parecia se repetir, mas com quase 55 minutos de segundo tempo, o Londrina enfim confirmou a vitória.

Com o resultado, o Londrina entra no G-4, e independentemente do resultado do Criciúma desta segunda-feira (5), cumpre o objetivo inicial, e encerra o primeiro turno na zona de classificação à próxima fase, com 14 pontos ganhos em nove jogos. A próxima partida ocorre no domingo (11), justamente contra o Criciúma, às 20 horas, fora de casa. Já o Volta Redonda ainda dorme no G-4, mas segue em má fase com cinco jogos sem vencer. A chance de mudar o panorama é no próximo sábado (10), em casa, contra o Boa Esporte, às 16 horas.


FICHA TÉCNICA: LONDRINA 1×0 VOLTA REDONDA

LONDRINA: Dalton; Gedeílson, Zé Pedro, Jeferson e Rafael Rosa; Escobar, Matheus Bianqui e Adenílson; Danilo (Vagner) [Marcel], Igor Paixão (Victor Daniel) e Carlos Henrique (Juan). Téc: Alemão.

VOLTA REDONDA: Vinicius; Oliveira, Gabriel Pereira, Willian Mineiro e Luiz Paulo (Lucas Hipólito); Bodão (Pedro Alves), Wallisson (Luan Martins) e Luciano Naninho; Pedrinho, Robertinho e João Carlos. Téc: Luizinho Vieira.

GOL: Adenílson, aos 45 minutos do primeiro tempo, para o Londrina;

CARTÕES AMARELOS: Jeferson, Matheus Bianqui, Dalton e Gedeílson (Londrina) | Wallisson e Oliveira (Volta Redonda);

CARTÃO VERMELHO: Matheus Bianqui (Londrina);

ÁRBITRO: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS);

ASSISTENTES: Sérgio Alexandre da Silva (MS) e Luiz Fernando Viegas Colete (MS);

ESTÁDIO: do Café.


Siga o jornalista nas redes sociais
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *